sexta-feira, 17 de maio de 2013


Mercadante fala em Fies e novo marco regulatório para alunos de cursos a distância

Um dos motores do crescimento do mercado educacional, o financiamento estudantil chega aos alunos de EAD se houver mais segurança na checagem de freqüência, diz ministro da Educação.

O Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou hoje em uma audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, que seu ministério pretende incluir alunos de cursos a distância e de pós-graduação entre os beneficiários pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Este financiamento oferecido aos alunos pelo governo federal é tido pelo mercado educacional como um dos motores do crescimento que tem acontecido nas instituições de ensino privado do país, porém ainda vale apenas para alunos presenciais e de graduação.

Mercadante fez a afirmação após um protesto realizado por alunos de cursos a distância, pedindo a inclusão da modalidade no Fies. Porém o ministro afirmou, como informou a FolhaPress, que para que isso aconteça, "vamos ter que fiscalizar a presença do estudante, seu desempenho. Tem que ter alguns critérios. Porque senão o sujeito simplesmente se matricula, pega o financiamento e você não acompanha [a frequência]. Nós não temos ainda essa segurança, mas estamos trabalhando em cima". Para isso, seria necessário alterar o marco regulatório da educação a distância no Brasil.

0 comentários:

 
PUAP - Av. Senhora Santana, 17 - Centro - Luís Gomes - RN - CEP: 59.940-000