quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Alunos de Pedagogia da UVA tem aula prática no PUAP






No último dia 28 de janeiro o Polo Universitário de Luís Gomes – PUAP abriu suas portas para receber uma turma de estudantes do curso de Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA / Polo de Luís Gomes, que tiveram uma aula teórica e prática da disciplina Ensino de Ciências, ministrada pela professora Betânia Fonseca.
A citada aula foi ministrada em conjunto com os ex-alunos do PUAP, licenciados em Ciências Biológicas pela UFRN/PUAP Sebastião Alencar e Tamara Moreira, que apresentaram desde a origem do microscópio, aos diversos tipos de microscópio, as partes que o compõe, o preparo de lâminas, dentre outras ricas informações que farão a diferença na formação humanísticas desses futuros docentes.

O professor Franklin Miguel Fernandes, coordenador do PUAP, destaca que as portas do Polo estão sempre abertas para servir a comunidade e formar parcerias em prol do crescimento da educação, no tocante a formação docente.

Educação a distância ganha cada vez mais adeptos

Um em cada sete universitários brasileiros é aluno da chamada educação a distância (EAD), formato de ensino que cresce a cada ano e é visto por especialistas em educação como uma das soluções para suprir a demanda por profissionais com curso superior. Apesar de seguir critérios e vistorias do Ministério da Educação (MEC), assim como os presenciais, e do diploma entre ambos ter o mesmo valor, ainda é grande o preconceito com os egressos desses cursos. Para Márcio Bunte, diretor do Laboratório de Computação Científica da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e presidente da Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed), essa visão vem da falta de conhecimento.
Estudo realizado por Dilvo Ristoff, diretor de políticas e programas da Secretaria de Educação Superior do MEC, com dados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) de 2005 e 2006, revela que o temor de que o formato possa piorar a qualidade do ensino da graduação é injustificado. “Os estudantes da EAD, à época, mostraram desempenho médio superior aos da educação presencial. A questão é se esse quadro, diante do vertiginoso crescimento nos últimos anos (18% das matrículas da graduação pertencem agora à modalidade EAD), se mantém. Em geral, as médias dos concluintes da educação presencial, embora ligeiramente superiores às de seus colegas da EAD, não são estatisticamente significativas”.
Embora o desempenho dos estudantes nos exames nacionais seja muito semelhante, o perfil socioeconômico cultural dos dois grupos é bastante distinto. “Os dados indicam que o estudante de EAD é mais pobre, majoritariamente casado, tem mais de dois filhos, vem mais da escola pública, tem pais com escolaridade básica, trabalha e sustenta a família, tem menos conhecimento de inglês, muitas vezes não concluiu o ensino médio regular.” Dessa forma, tais condições tornariam a EAD instrumento de inclusão social.
As exigências do MEC em relação à qualidade do ensino são semelhantes na EAD e no presencial: projeto pedagógico bem construído e com aderência às diretrizes curriculares nacionais, instalações e infraestrutura adequadas e corpo docente capacitado.

TECNOLOGIA

As formas de interação entre docentes, tutores e estudantes, mediada pelas novas tecnologias de informação e comunicação, são levadas em conta. “Como a EAD está sendo profundamente afetada pelas novas tecnologias, os alunos da geração pós-tablet já não aceitam mais métodos e salas de aula incompatíveis com a agilidade e a facilidade de acesso ao conhecimento que a comunicação móvel proporciona”, defende Dilvo Ristoff. Para Márcio Bunte, a tecnologia vai melhorar, mas o diferencial vai ser a promoção da interação entre alunos e professores.

A educação a distância surgiu no Brasil há mais de 20 anos, mas os cursos de graduação e pós-graduação a distância foram reconhecidos pelo MEC há 15 anos. Segundo Alda Luiza Carlini, professora da Faculdade de Educação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, a instituição de ensino superior deve oferecer polos de apoio à EAD nos municípios em que atua, onde deve haver tutor presencial para orientar o aluno em procedimentos acadêmicos e administrativos, além de recursos como computadores conectados à internet; espaço para aula presencial (videoconferência) ou avaliações; e biblioteca física.

Os alunos são avaliados de diferentes formas, dependendo da concepção de avaliação da aprendizagem adotada pela instituição de ensino. Ela pode ocorrer ao longo e/ou ao fim das disciplinas, na forma de provas objetivas ou dissertativas, trabalhos individuais ou em grupo.

Fonte:http://www.em.com.br/app/noticia/especiais/educacao/2015/01/24/internas_educacao,611172/educacao-a-distancia-ganha-cada-vez-mais-adeptos.shtml

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

PUAP/SEDIS/UFRN - Material do semestre 2015.1
 




Informamos aos alunos da UFRN, vinculados ao Polo Universitário de Luís Gomes – PUAP, que os seguintes novos materiais:


1 – Instrumentação para o Ensino de Geografia IV;
2 – Medidas e Transformações Químicas.

Prof. Franklin Miguel Fernandes

Coordenador do PUAP

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

PUAP/SEDIS/UFRN - Material do semestre 2015.1


Informamos aos alunos da UFRN, vinculados ao Polo Universitário de Luís Gomes – PUAP, que já estão sendo entregues os seguintes materiais:

Linguagens na Educação Infantil I / Pensamento e Linguagem
Estágio Supervisionado
Língua Portuguesa 2 no Ensino Fundamental
Gestão Educacional II
Educação Infantil 1
Psicologia da Educação
Relatividade
Geografia Física II
A Vida no Ambiente
Conteúdos e Metodologias do Ensino de Matemática III
Educação e Tecnologia
Geografia Regional do Mundo I
Cálculo Numérico
Probabilidade e Estatística
Cálculo III
Geografia Regional do Brasil
Leituras Cartográficas e Interpretações Estatísticas II
Pesquisa em Ensino de Física
Pesquisa e Ensino em Geografia
Didática e o Ensino de Geografia
Consciência Corporal
Variação e Herança
Estatística Aplicada à Administração
Espaço, Tecnologia e Globalização

Observação:
Quanto aos demais materiais logo que chegarem divulgaremos.

Prof. Franklin Miguel Fernandes

Coordenador do PUAP

domingo, 11 de janeiro de 2015


UFRN: Período de matrícula para o semestre 2015.1


Segue abaixo o cronograma das matrículas dos cursos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Lembramos que todo o procedimento é realizado no SIGAA.


- Período de matrícula: 14/01 à 24/01;

- Início do semestre: 02 de fevereiro.




            


 UFRN: Comunicado importante



Caros alunos,
            
Conforme o calendário acadêmico da UFRN, referente ao semestre de 2014.2, o período de suspensão de programa a posteriori termina neste dia 17 de janeiro de 2015, e não 17 de dezembro, conforme foi informado anteriormente.
Neste caso, os alunos que se encontram com reprovação total no semestre de 2014.2, mas que obteve alguma nota em disciplina, terá, obrigatoriamente, que realizar a suspensão de programa de programa a posteriori, no SIGAA. Caso o aluno não venha a realizar esse procedimento, a universidade irá fazer o cancelamento da matrícula.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Colação de Grau das Turmas 2014.2



A Coordenação do Polo Universitário de Luís Gomes – PUAP/UFRN UAB/UFRN informa que a colação de grau das turmas concluintes do período acadêmico 2014.2 ocorrerá no dia 05 de março de 2015, uma quinta-feira, às 18 horas, no Ginásio Poliesportivo “O GUILHERMÃO”, situado as margens da RN 116, na entrada da cidade de Luís Gomes – RN.

Prof. Franklin Miguel Fernandes

Coordenador do Polo Universitário de Luís Gomes - PUAP

ATENÇÃO
Datas importantes no Início de 2015.1


05/01/2015 – Início do período letivo de férias 2014.4.
14 a 24/01/2015 – Matrícula dos alunos regulares, no SIGAA, em componentes curriculares para o período letivo 2015.1.
30/01/2015 – Término de período letivo de férias 2014.4.
02/02/2015 - INÍCIO DO PERÍODO LETIVO 2015.1.
02 e 03/02/2015 – Rematrícula
02/02/2015 – Data inicial para solicitação, no SIGAA, de suspensão de programa para 2015.1.

Prof. Franklin Miguel Fernandes

Coordenador do Polo Universitário de Luís Gomes - PUAP

sábado, 3 de janeiro de 2015

Curso de Pedagogia a distância da UFRN é reconhecido pelo INEP com conceito 4

Durante o período de 10 a 12 de dezembro, avaliadores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP) vieram à UFRN para realizar o processo de reconhecimento do curso de Pedagogia a distância, ofertado pela UFRN através da SEDIS. O processo teve como base a apresentação de documentação aos avaliadores e entrevistas com alunos, docentes e gestores. Considerando os aspectos didático-pedagógicos, administrativos e de infraestrutura, os avaliadores reconheceram o curso com nota 4, dentro de uma escala de 0 a 5. Parabéns a todos que fazem parte dessa conquista!


Texto: Natália Pereira de Noronha - Analista de Mídias Sociais ( midias.sedis@sedis.ufrn.br)

 
PUAP - Av. Senhora Santana, 17 - Centro - Luís Gomes - RN - CEP: 59.940-000